Economia & Energia
Ano XIII-No 74
Julho/Setembro de 2009
ISSN 1518-2932

e&e  OSCIP

setae.gif (977 bytes)e&e in English

BUSCA

CORREIO

DADOS ECONÔMICOS

DOWNLOAD

OUTROS NÚMEROS

e&e  No 74

Apoio:


 

Página Principal

Produtividade também do Capital

A Produtividade de Capital na Área de Petróleo no Brasil e na Petrobras

Biocombustíveis Líquidos no Brasil

Download:

bal_eec

Arquivo zipado do Balanço de Carbono gerando programa Excel com macros em Visual Basic que tem que ser ativadas para que o programa funcione

 

http://ecen.com
Vínculos e&e

Veja também nosso suplemento literário

http://ecen.com/
jornalego

 

Editorial:

Produtividade também do Capital

A cobrança pela produtividade concentrou-se, durante décadas, no fator trabalho. Até hoje no Brasil, quando se fala em aumento da produtividade na indústria, o que se está medindo é a redução de horas trabalhadas (e de empregos) por valor agregado.

Felizmente, esta realidade está mudando. Cada vez mais se houve falar, ainda menos nos países em desenvolvimento que nos desenvolvidos, em produtividade total dos fatores ou de outros índices ainda mais abrangentes onde esteja sempre presente o componente capital.

O OCDE onde a preocupação institucional com o tema já esta sistematizada para todos os países que a compõem vem de lançar a publicação ”Statistics Sources & Methods, Measuring Capital-OECD Manual 2009 : Second edition”. Publica ainda os índices de produtividade de capital para vários setores dos países membros. Para mostrar sua preocupação com a divulgação das técnicas associadas à determinação da produtividade de capital, seu manual está disponível gratuitamente na internet.

A produtividade de capital tem sido tema deste periódico desde seu primeiro número em 1997. Também é tema de pesquisas da OSCIP Economia e Energia. Esse esforço tem agora o decisivo apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia, através de termo de parceria específico.

A produtividade de capital no Brasil, após décadas de declínio e estagnação, vem se recuperando como mostrado no número 73 desta revista. Neste número a análise da e&e se concentra sobre um setor de vital importância para o futuro econômico do Brasil: o petróleo. A produtividade da Petrobras cresceu extraordinariamente nos últimos anos e pode puxar o desenvolvimento do País. Parte desse crescimento foi devida ao preço, mas a produtividade física na extração duplicou. Nem tudo são boas notícias: os custos subiram extraordinariamente e há muito o que fazer para sua redução. Isto é importante tanto para a empresa como para o País, já que quanto maior o rendimento do capital maior a possibilidade de reinvesti-lo para tornar o novo desafio do pré-sal no caminho para o desenvolvimento nacional.

Graphic Edition/Edição Gráfica:
MAK
Editoração Eletrônic
a

Revised/Revisado:
Tuesday, 25 October 2011
.

Contador de visitas