Economia & Energia
Ano XI-No 66
Fevereiro - Março 2008
ISSN 1518-2932

 

setae.gif (977 bytes)e&e in English

 

BUSCA

CORREIO

DADOS ECONÔMICOS

DOWNLOAD

OUTROS NÚMEROS

e&e  No 66

Apoio:


 

Página Principal

Convergência de Agricultura e Energia: I. Produção de Biomassa Celulósica para Biocombustíveis e Eletricidade

Hidrogênio e Células a Combustível

Emissões de CO2 Provenientes da Queima de Combustível Comparação entre os Valores da IEA e os da e&e/MCT

 

Download:

bal_eec

Arquivo zipado do Balanço de Carbono gerando programa Excel com macros em Visual Basic que tem que ser ativadas para que o programa funcione

 

e&e por autor
e&e por assunto

http://ecen.com
Vínculos e&e

Veja também nosso suplemento literário

http://ecen.com/
jornalego

livro:

O Crepúsculo do Petróleo
Mauro F. P. Porto

 

A Organização Economia e Energia - e&e  OSCIP 

Revista e&e 66 versão em PDF 

eee66p
_________________________________________________________

Textos para Discussão

Convergência de Agricultura e Energia:

I. Produção de Biomassa Celulósica para Biocombustíveis e Eletricidade

Claudinei Andreoli  

O uso da biomassa para uso energético aumenta a demanda de matéria seca que deve suprir os usos energético e tradicional. Uma nova estratégia de energia deve ser incluída para maximizar a absorção e o uso da luz e CO2 disponíveis nas terras agricultáveis e aumentar a eficiência do uso de insumos.  

Hidrogênio e Células a Combustível

Marcelo Linardi

Quando se ouve falar em hidrogênio vem à mente, de imediato, a idéia de uma fonte renovável e limpa de energia. Não é bem assim. Esta idéia somente é verdadeira se o hidrogênio for obtido de fonte renovável. Um novo equipamento, célula a combustível, vai tornando realidade o que está sendo chamado de “A Economia do Hidrogênio”, que abrange um vasto campo tecnológico e econômico. O gás natural deverá fazer, como fonte principal de hidrogênio nas próximas décadas, uma ponte entre o hidrogênio de origem fóssil e o de origem renovável.

Emissões de CO2 Provenientes da Queima de Combustível

Comparação entre os Valores da IEA e os da e&e/MCT

Olga Mafra, Frida Eidelman

A OSCIP Economia e Energia realizou, em convênio com o MCT, uma apuração das emissões energéticas de gases de efeito estufa para o período 1970 a 2006. Usou-se na apuração o Balanço de Carbono apoiado em um software onde os dados energéticos do BEN EPE/MME são acoplados a coeficientes extraídos do primeiro Inventário Nacional de Emissões elaborado pelo MCT (período 1990/1994). As emissões de CO2 apuradas são diretamente comparáveis com as obtidas pela Agência Internacional de Energia. Comparações da emissão total, por energético e por setores revelaram um acordo bastante satisfatório nos vários anos considerados.

Graphic Edition/Edição Gráfica:
MAK
Editoração Eletrônic
a

Revised/Revisado:
Wednesday, 13 June 2012
.

Contador de visitas