Economia & Energia
No 31: Março-Abril 2002   ISSN 1518-2932

   e&e No 31setae.gif (977 bytes) English Version   

BUSCA

CORREIO

DADOS ECONÔMICOS

DOWNLOAD

e&e ANTERIORES

e&e No 31

Página Principal

Balanço Energético e de Emissões 

Álcool X MTBE

A nova Utopia

Dívida  Pública e Reservas do Brasil

http://ecen.com

Vínculos e&e

Matriz Energética e de Emissões

Download

Balanço Energético 1970/2000

Balanço Energético e de Emissões

Matriz Energética e de Emissões

Relatório Final

Resumo Executivo

 

 

Balanço Energético e de Emissões

A política energética e o controle das emissões causadoras do efeito estufa só podem ser efetivos se estão disponíveis os dados históricos que permitam conhecer a realidade existente, identificar tendências e planejar mudanças. O Balanço Energético  BEN editado pelo Ministério das Minas e Energia - MME sempre foi um instrumento indispensável para quem trabalha em energia. As constantes mudanças na área energética daquele Ministério retardaram consideravelmente a edição do BEN 2001 (relativo ao ano 2000) cujos dados, ainda preliminares,  estão sendo revistos. O trabalho apresentado pela e&e reúne os dados do BEN 1970 a 2000 em um programa na linguagem "Visual-Basic sobre planilhas "Excel" que permitem recuperar gráficos e planilhas em diferentes apresentações, por ano, setor ou energético.

O Programa BENEMIS usa os dados das planilhas anuais do BEN, denominadas Anexos, que consolidam, para cada ano, o balanço de produção, transformação e uso de energia para o Brasil e de coeficientes de emissões, fornecidos pela pesquisadora Branca Americano da equipe que elabora o inventário brasileiro dos gases causadores do efeito estufa. Estes coeficientes baseiam-se em recomendações internacionais e dados recolhidos para o Brasil e consideram, quando disponíveis as peculiaridades brasileiras no uso, produção e transformação de energéticos entre os anos de 1990 e 1997. Os coeficientes do ano de 1990 e 1997 são usados, respectivamente, para os anos anteriores e posteriores do período.

Os dados energéticos são os do BEN/MME de 1970 a 1999. Os valores para o ano 2000 e a revisão para o ano de 1999 correspondem à comunicação individual de João Antonio Moreira Patusco responsável, até recentemente, pela elaboração do BEN.

O Programa

Estão armazenados no Programa os Anexos do BEN as planilhas que representa em tonelada equivalente de petróleo para cada ano. Nessas Planilhas estão apresentadas, para energéticos primários e secundários (colunas) os seguintes dados correspondentes ao energético em "contas"

Dados da Oferta Interna Bruta: Produção, Importação, Exportação, Variação de Estoques, etc
Dados de Transformação por tipo: Refinaria, Plantas de Gàs Natural, Centrais Eleétricas, etc.; 
Dados Relativos ao Consumo: Não Energético e Energético por Setores Econômicos e algumas atividades
Perdas e Ajustes 

A Figura 1 Ilustra o esquema adotado no qual, para facilitar a compreensão, nos referimos as contas como setores.

Figura 1: Os dados do BEN/MME (Anexos) dos anos disponíveis são usados para construir uma matriz de três dimensões (energético, conta ou setor e ano). As saídas bidimensionais são obtidas da original.

Os valores energéticos são expressos em tonelada equivalente de petróleo (tEP). Os coeficientes são apresentados toneladas de gás por tEP ou equivalente. O Esquema da Figura 2 Ilustra a metodologia. 

 

Usando o Programa

A operação do programa é simples. Ele funciona como uma planilha Excel com macros escritas em Visual Basic. Pode ser baixado da Internet e instalado em qualquer diretório, depois de descompactado. As macros devem ser ativadas.

Na página Inicial botões permitem visualizar os dados energéticos ou de Emissões por ano, Energético ou Setor (Figura 3)

 

Figura 3: Página Inicial do programa

Em todas as planilhas existe o botão atualizar dados que carrega a matriz tridimensional na memória do computador. A operação leva alguns minutos  e depende do computador (alguns segundos em computadores mais rápidos) e só necessita ser realizada uma vez por sessão (Figura 4)

 

Figura 4: Acione Atualizar somente uma vez por sessão

Escolha, em seguida o ano, conta ou energético conforme o caso (Figura 5)

 
Figura 5: Em cada planilha pode-se escolher as variáveis que se deseja vizualizar.

O Programa gera, ainda, gráficos relativos às variáveis mostradas. Os gráficos estão representados à direita da planilha respectiva e podem ser acessados através de vínculos como os indicados na Figura 6. Também são mostrados os vínculos às tabelas de emissões e à capa inicial. 

 

Figura 6: Vínculos correspondentes aos acessos às planilhas de emissões e aos gráficos

Na Figura 7 mostramos um exemplo das figuras geradas. Para aproveitamento da mesma "máscara" os gráficos estão preparados para as diferentes variáveis representadas mas somente são mostrados na legenda os nomes correspondentes à variáveis não nulas. Também está indicado, em cor diferente, o nome do setor, ano ou energético em questão.


Figura 7: Exemplo de figuras construídas pelo programa. No caso o Setor correspondente é destacado em vermelho. As cores usadas para os diferentes energéticos são as mesmas para qualquer setor mas na legenda só constam o nome das efetivamente utilizadas no período.

Quadros semelhantes aos gerados para os dados energéticos, mostrando as outras duas variáveis, são apresentados por ano, setor (conta) ou energético para a emissão de gases vinculados ao efeito estufa. 

No exemplo da Figura 8 é mostrado o quadro de emissões anuais atribuíveis ao uso de energia no Setor Transportes Total (Rodoviário + Ferroviário + Aéreo + Hidroviário). Acionando-se CH4, como indicado, teríamos as emissões de metano.


Figura 8: Exemplo de planilha de emissões no caso de gás carbônico no transporte. Mostra-se também o processo de escolha do gás a ser mostrado.

Na Figura 9, mostramos um exemplo de gráfico de emissões. São disponíveis dois tipos de gráficos. O adequado a CO e CO2 mostra a emissão correspondente a esses gases de forma "vazada", no caso do álcool e da lenha (se visível),  para assinalar as emissões de matéria orgânica renovável. Deve-se usar o gráfico "cheio" para outros gases cuja emissão não é diretamente compensada pela absorção do Carbono pela biomassa. Na Figura 11 mostramos o gráfico, para o mesmo setor, correspondente à emissão de CH4 (metano) em percentual de participação por energético. Nesse caso deve-se usar o gráfico "cheio" já que a emissão de metano não é diretamente compensada no peocesso de produção da biomassa.


Figura 9: Gráfico de emissão de CO2 nos energéticos em uso no transporte. A representação "vazada"para biomassa é usada para assinalar que a emissão de CO2 não deve ser contabilizada.


Figura 9: Gráfico de participação, por energético usado, da emissão de NOx no Setor Transporte.


"Download"

O programa está disponível para os leitores da e&e para "download"  

Balanço de Energia e Emissões associadas BENEMIS 1970/2000 570 KB
Texto explicativo BENEMIS 

Também está disponível para "Download" um programa semelhante contendo somente os dados energéticos. 

Balanço Energético 1970/2000 ben_e 205 KB

Graphic Edition/Edição Gráfica:
MAK
Editoração Eletrônic
a

Revised/Revisado:
Friday, 13 May 2011
.

Contador de visitas